sábado, 6 de abril de 2013

João Pedro Pais - Isto do Amor


bulb, light iconApagar luzes


Letra:

O pêndulo do relógio
Faz tremer o chão
Na parede um quadro
Desenhado a mão

Guardo a fotografia
É onde tu sorris
Aquela mais antiga
Pareces feliz

Fora da estante
Está um livro teu
Tantas vezes lido
Arde até ao fim

O sol já vai baixo
É o entardecer
Faz a paisagem calma
Quer adormecer

Isto do amor
E um caso estranho
Sem bem o que dou
Não sei o que tenho

Quero-te provar
Que nunca te minto
Quero-te mostrar
Aquilo que sinto

Hoje foste embora
E algures por aí
Ainda me pergunto
Se tu gostas de mim

Tenho o meu peito aberto
Só tu podes fechar
À palavras que ferem
Deixam-me a sangra

Isto do amor
E um caso estranho
Sei bem o que dou
Sei bem o que tenho

Quero-te provar
Que nunca te minto
Quero-te mostrar
Aquilo que sinto

Isto do Amor